Como dar baixa no desmanche de veículo: saiba mais!

27/08/2021

Você sabe como dar baixa em desmanche de veículo? Neste post, vamos explicar como ocorre o processo, onde é feito, por quem pode ser feito, quanto tempo leva, quais os documentos necessários e como descartar a carcaça do automóvel.

Para conferir, é só continuar a leitura! 

Como acontece o processo de baixa no desmanche de veículos

Muita gente não sabe, mas dar baixa no veículo é um processo obrigatório para algumas situações. Por exemplo, se o carro for impedido de circular por ter sido desmontado, se estiver em estado irrecuperável, se for leiloado como sucata ou se apresentar registro de perda total por sinistro

O trâmite é realizado no Detran em que o automóvel estiver registrado ou em algum despachante, pode ser feito pelo dono do veículo ou seu procurador e fica pronto em torno de 5 dias. Para isso, é preciso agendar um horário na unidade indicada para que antes seja feita uma vistoria. 

No entanto, é importante ressaltar que, para dar baixa e fazer o descarte posteriormente, o carro não deve ter nenhuma pendência financeira. Dessa forma, é importante verificar se existe algum débito ou dívida atrasada, como o pagamento do IPVA, DPVAT, multas, entre outros. 

Quais os documentos necessários para dar baixa no veículo 

Com o laudo da vistoria em mãos, alguns documentos são requisitados para finalizar o processo:

  • Para proprietário PF (pessoa física): documento oficial com foto; CRV original em branco; declaração da baixa de veículo preenchida e com firma reconhecida.
  • Para proprietário PJ (pessoa jurídica): documento oficial com foto; CPF do representante; comprovante de poderes; CRV original em branco; declaração da baixa do veículo preenchida e com firma reconhecida; 
  • Para o procurador autorizado pelo dono do automóvel: documentos do proprietário; documento oficial com foto do procurador responsável; procuração de acordo com as regras do Detran. 

Como fazer o descarte?

Conforme a Lei do Desmanche, sancionada em 2014, a orientação é procurar por empresas de desmontagem ou de reciclagem de veículo que sejam credenciadas ao Detran para fazer o descarte correto da carcaça, sem causar danos ao meio ambiente. 

Em relação a isso, inclusive, é válido reforçar que abandonar o carro por mais de 5 dias em vias públicas, na maioria das cidades dos estados brasileiros, pode gerar multa. Com exceção de Campinas – SP e Belo Horizonte – MG, que tem tolerância de 10 dias, Vitória – ES, 15 dias e Natal – RN, Porto Alegre – RS e Curitiba – PR, de 30 dias.  Só para se ter ideia, o valor das multas podem variar de 1.300 a 16 mil reais. Por isso, vale a pena ficar atento aos prazos.

E então, o que achou deste conteúdo? Você acabou de conferir como ocorre o processo para dar baixa no desmanche de veículo. Para ler outras matérias como essa, é só acompanhar nosso blog e nos seguir nas redes sociais!

Notícias relacionadas
Saiba o que é e como aumentar sua rentabilidade com a venda direta
Saiba o que é exatamente e como funciona a venda direta de veículos, um tipo de negócio que pode ser muito rentável para sua revenda!
5 dicas de como aumentar as vendas no final do ano
O final do ano chegou! Quer saber como aumentar as vendas da sua revenda de veículos? Dá uma olhadas nas dicas práticas que preparamos!
Histórico do veículo: confira 6 pontos que devem ser analisados!
As aparências podem enganar! Não basta olhar somente a estrutura do carro no momento de fechar um negócio, o histórico do veículo é capaz de revelar muito mais do que a sua boa estética. Confira, portanto, 6 fatores que devem ser analisados!
Número do chassi do veículo: por que e como consultar?
Você sabe para que serve o número do chassi do veículo? O que ele significa de fato e como consultá-lo? A gente te explica agora mesmo!
Confira as principais dúvidas sobre a CNH digital
Apesar de ser válida como documento oficial em todo o território nacional desde 2018, ainda existem muitas dúvidas sobre a CNH digital. Confira, então, as principais perguntas sobre a nova versão da carteira de habilitação!
6 dicas de como vender mais em sua revenda de veículos
Saber como vender mais é o desejo de qualquer dono de revenda de veículos. Por isso, preparamos 6 dicas básicas para te ajudar. Confira agora!
Tipos de vistoria automotiva: veja os principais e o que eles avaliam
Saber as reais condições do veículo na hora de fechar um negócio é essencial. Confira agora os principais tipos de vistoria automotiva e para que servem!
Veja por que acompanhar a desvalorização de veículos da sua loja
Você acompanha o quanto os carros da sua revenda desvalorizam ao longo do tempo? Saiba agora por que você deve ficar atento a isso!
O que você precisa saber sobre veículo com débitos
Quando o assunto é veículo com débito, é preciso ficar atento. Saiba agora como fazer a consulta de débitos e se vale a pena investir em um automóvel nessa condição!
3 Situações que podem atrapalhar a transferência de veículo
Algumas situações podem impedir a transferência de veículos. Confira agora quais são e veja também as consequências acarretadas por uma transferência incorreta.

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal