Saiba como funciona a consulta de Proprietários Anteriores da AutoList

Publicado em 23/04/2021 / Atualizado em 08/09/2021

Como sabemos, em agosto de 2018 a Fenaseg (Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização) interrompeu o acesso às informações de proprietários anteriores por conta da regulamentação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor. 

Desse modo, as empresas que deram continuidade a comercialização deste serviço não entregaram os resultados exatamente como deveriam, pois os dados não foram atualizados. 

Por prezar por oferecer soluções seguras e legalizadas a seus clientes, a AutoList também descontinuou o uso dessas informações por um momento. Porém, seguindo todos os regulamentos da LGPD, foi possível readequar e retornar com a consulta. E é sobre isso que vamos falar no post de hoje! 

Preparamos este conteúdo para te mostrar como funciona a consulta de proprietários anteriores e por que você deve usá-la na hora de avaliar e negociar um veículo. Continue a leitura para conferir! 

Como funciona a consulta Proprietários Anteriores?

A consulta irá identificar os antigos donos de determinado automóvel, classificando-os entre pessoas físicas e jurídicas e exibindo ainda o tempo que cada um ficou com o carro. 

No entanto, por conta das regras da LGPD, não é permitido mostrar o nome do proprietário. Mas se o dono anterior for uma seguradora ou locadora, você será informado. Além disso, a solução tem como diferencial retornar o proprietário por transferência e não mais pelo DPVAT, como acontecia antigamente. 

(Leia mais em: O que aconteceu com a consulta de proprietários anteriores?)

As informações são apresentadas em dois quadros, sendo um deles para pessoas físicas e o outro para pessoas jurídicas. Para cada pessoa verificada irão aparecer os seguintes dados:

  • UF
  • Município (ponto importante para saber de houve uma transferência entre estados, o que pode indicar algo negativo) 
  • Proprietário 
  • Ano
  • Placa
  • Motivo do registro
  • Tempo de posse

É válido ressaltar que, em caso de PF, o nome do indivíduo não será mostrado completamente, ele aparecerá parcialmente ocultado. 

Entretanto, diferente das consultas passadas que levavam em consideração o pagamento do DPVAT, que ocorre anualmente, para detectar os donos anteriores e retornavam com apenas um resultado, agora, se o veículo tiver mais de um proprietário no mesmo ano, será possível visualizar. 

E então, o que achou desse conteúdo? Para ler outras postagens como essa, é só ficar de olho no blog da AutoList. E se quiser conhecer melhor a consulta, basta entrar em contato com a nossa equipe através do chat em nosso site. 

Notícias relacionadas
Saiba como funciona a consulta de Proprietários Anteriores da AutoList
Saiba mais sobre a consulta de Proprietários Anteriores da AutoList e confira o que mudou com a nova regulamentação da Lei Geral de Proteção de Dados!
Veja como é classificada e avaliada a perda total de veículo
Registro de sinistro nem sempre quer dizer que um carro deu PT. Veja o que é e como é classificada a perda total de um veículo, além do passo a passo de como é feita essa avaliação!
O que você precisa saber sobre a LGPD para sua revenda de veículos
Entenda qual a proposta da LGPD (Lei Geral da Proteção de Dados) e o que deve ser adaptado em sua revenda!
3 Situações que podem atrapalhar a transferência de veículo
Algumas situações podem impedir a transferência de veículos. Confira agora quais são e veja também as consequências acarretadas por uma transferência incorreta.
Carros de repasse: veja como trabalhar com eles!
Carros de repasse sempre deixam dúvidas para os revendedores de veículos. Será que vale a pena trabalhar com eles? Saiba mais agora mesmo!
O que é multa Renainf? Saiba tudo sobre ela!
Já ouviu falar em multa Renainf? A seguir, vamos te explicar o que é essa infração, como ela funciona e como consultá-la. Confira!
Pane seca: tudo o que você precisa saber sobre o assunto
Você sabia que a pane seca pode causar prejuízos não só para o veículo, como também para o condutor? Entenda tudo sobre o assunto agora!
Sem lacre de placa, como evitar o roubo da nova placa Mercosul
Fique por dentro de tudo sobre a nova placa Mercosul! Saiba agora o que mudou em relação a anterior, quando ela deve ser substituída e como evitar roubo!
6 dicas de como vender mais em sua revenda de veículos
Saber como vender mais é o desejo de qualquer dono de revenda de veículos. Por isso, preparamos 6 dicas básicas para te ajudar. Confira agora!
Qual a diferença entre alinhamento e balanceamento
Você sabe a diferença entre alinhamento e balanceamento? Saiba agora para que serve cada serviço e quando eles são necessários!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal