Manutenção veicular: conheça as principais e para que servem

Publicado em 30/09/2021 / Atualizado em 07/10/2021

Que a revisão é fundamental para evitar problemas e aumentar a durabilidade do veículo, nós já sabemos. Mas, além disso, é essencial entender a importância da manutenção veicular.

Por isso, no post de hoje vamos falar sobre os tipos de manutenções existentes e explicar o que é e para que serve cada uma delas. É só continuar a leitura para conferir! 

Conheça os 3 principais tipos de manutenção veicular 

A manutenção é um processo básico para garantir o bom funcionamento do carro. A seguir, veja os principais tipos: 

Manutenção preventiva 

Como o próprio nome sugere, o objetivo aqui é prevenir o automóvel. É por isso que normalmente o próprio fabricante do veículo indica o período em que ela deve ocorrer. Trata-se de uma revisão periódica, que tem como um dos fatores base a quilometragem rodada, para observar se há algo de errado com o carro e realizar a substituição de itens — se necessário — e a troca de óleo. 

Manutenção corretiva 

Após um problema ser identificado, a manutenção corretiva entra em ação. O procedimento acontece quando algum componente do automóvel apresenta desgaste, quando a performance diminui ou alguma peça falha. 

A correção geralmente é feita de maneira emergencial, sem um planejamento prévio. Isso porque, muitas vezes, o dono do veículo não passa pela avaliação preventiva e não detecta o problema com antecedência. 

Manutenção preditiva

Por último, temos a manutenção preditiva! Você sabe o que ela significa? 

Pouco comentada, a preditiva nada mais é do que a análise de peças e componentes do veículo com o intuito de verificar itens que estejam no fim da sua vida útil ou que se deterioram antes do prazo determinado pelo fabricante. 

Para isso, são feitas inspeções recorrentes e avaliações por mecânicos especialistas.  

Fazer manutenção é sinônimo de economia! 

Criar o hábito de revisar o automóvel periodicamente é uma forma de economizar. Quanto mais tempo o carro passa sem receber manutenção, maiores as chances de seus componentes falharem. 

Desse modo, é importante seguir as recomendações do fabricante ou ter uma oficina mecânica de confiança, que conheça o histórico do veículo, para avaliar as condições do automóvel e de suas peças em geral e te alertar caso haja alguma irregularidade. 

E então, gostou desse conteúdo? Para ler outros artigos com informações, dicas e soluções veiculares, acompanhe nosso blog e nossas redes sociais. Até a próxima! 

Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário abaixo que responderemos em seguida!

Notícias relacionadas
Histórico do veículo: confira 6 pontos que devem ser analisados!
As aparências podem enganar! Não basta olhar somente a estrutura do carro no momento de fechar um negócio, o histórico do veículo é capaz de revelar muito mais do que a sua boa estética. Confira, portanto, 6 fatores que devem ser analisados!
O que você precisa saber sobre a busca e apreensão de veículo
Entenda agora como funciona o processo de busca e apreensão de veículo, como saber se o automóvel foi financiado e como resolver a situação!
Veja como é classificada e avaliada a perda total de veículo
Registro de sinistro nem sempre quer dizer que um carro deu PT. Veja o que é e como é classificada a perda total de um veículo, além do passo a passo de como é feita essa avaliação!
Veículo clonado: como funciona? O que fazer nessa situação?
Veículo clonado é um tipo de fraude mais comum do que imaginamos. Saiba, portanto, como identificar uma clonagem e o que fazer nessa situação.
O que você precisa saber sobre veículo com débitos
Quando o assunto é veículo com débito, é preciso ficar atento. Saiba agora como fazer a consulta de débitos e se vale a pena investir em um automóvel nessa condição!
Seguro auto recusado: por que isso acontece? Quais os motivos?
Teve o seu seguro auto recusado e não sabe por que isso aconteceu? Confira quais os principais motivos que podem causar a recusa da contratação do serviço!
Histórico de proprietários anteriores, por que consultar?
Saiba como e por que é importante consultar o histórico de proprietários anteriores do veículo antes de fechar negócio!
Manutenção veicular: conheça as principais e para que servem
Conheça os principais tipos de manutenção veicular e entenda cada uma delas!
Carros de repasse: veja como trabalhar com eles!
Carros de repasse sempre deixam dúvidas para os revendedores de veículos. Será que vale a pena trabalhar com eles? Saiba mais agora mesmo!
Combustível adulterado: 5 sinais para te ajudar a identificar!
Saiba como identificar combustível adulterado! Preparamos 5 dicas que vão te ajudar a detectar se o combustível que você usa é de boa qualidade!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal