Pane elétrica no carro: o que fazer? Como evitar o problema?

Estava dirigindo tranquilamente e de repente o veículo parou no meio da estrada? Ou os faróis, os vidros elétricos e o rádio simplesmente começaram a falhar? Essas ocorrências são bem características de uma pane elétrica. 

Aliás, você sabe por que e como isso acontece? Neste post, vamos te explicar o que fazer e como evitar uma pane elétrica no carro. É só continuar a leitura para conferir! 

Pane elétrica no carro, por que acontece? 

A pane elétrica é uma situação bastante comum e que pode acontecer sem dar muitos avisos prévios — principalmente quando não se sabe nada sobre o histórico do veículo e como ele foi usado por seus proprietários anteriores

A origem do problema se dá no sistema de alimentação do automóvel, normalmente envolvendo a bateria e o alternador, peça responsável por recarregá-la. Do menor ao maior indício, provavelmente os demais componentes elétricos do carro começarão a falhar. 

Por isso, se você desconfiar ou perceber que existe algo fora do normal, é importante ficar atento a qualquer sinal que o veículo mostrar. 

Como ocorre a pane elétrica: atente-se aos sinais!

Uma pane pode ocorrer por variados motivos. O mais constante e fácil de identificar é a bateria descarregada. Outra causa frequente é o rompimento ou ressecamento da correia do alternador, que pode demandar a troca ou reparo parcial da peça. 

Além desses, o problema também pode estar relacionado a um curto-circuito do sistema elétrico, causado por um fusível queimado, à falha na injeção eletrônica, à bomba de combustível, que talvez não esteja conseguindo transferir o combustível com a pressão ideal, ao superaquecimento da bobina, entre outros. 

Nesses casos, duas recomendações simples para entender o que está havendo (e se há realmente algo errado), é observar se o carro, ao tentar dar partida, liga de primeira ou demora mais do que o habitual e se as luzes do painel estão funcionando corretamente. 

O que fazer e como evitar uma a pane elétrica

Algumas medidas precisam ser seguidas em uma situação como essa. Por exemplo:

  • Em primeiro lugar, encoste o carro 
  • Em seguida, coloque o triângulo de segurança na pista e sinalize para os outros motoristas
  • Depois, respire fundo, mantenha a calma e solicite ajuda de um profissional
  • Não faça “chupeta” antes de se certificar de que a causa é realmente a bateria descarregada. 

Para todos os possíveis motivos da pane elétrica, a melhor forma de impedi-los é manter as revisões do veículo e manutenções preventivas em dia. Assim, você evita dores de cabeça e ainda economiza.  

E então, este conteúdo foi útil? Para ler outras matérias com temas relacionados, é só acompanhar nosso blog e nos seguir nas redes sociais. E se tiver alguma dúvida, basta nos escrever um comentário abaixo. Até a próxima! 

POSTS RELACIONADOS

Olá, posso ajudar?