Radar Securitário

Verifica o cenário de aceitação do veículo nos bancos de dados das seguradoras

 

Por que devo usar?

A consulta Radar Securitário recebe informações de bancos de dados que normalmente não são acessíveis ao mercado, os das seguradoras. Através da união de nossos analistas, banco de dados da AutoList e esses dados das seguradoras, é possível obter informações que podem vir a depreciar ou causar problemas aos futuros donos dos veículos. Um grande exemplo são situações de repasse direto, o qual se trata de uma prática em que uma seguradora repassa diretamente o veículo para o mercado, sem mesmo passar por um leilão. 

Modelo da consulta Radar Securitário

 

A consulta Radar Securitário busca, nos bancos de dados dos fornecedores da Autolist e das próprias seguradoras, quaisquer restrições que impeçam a realização do seguro de um veículo. Dessa forma, sua resposta é composta por: aceitação securitária, preço médio do seguro, aceitação FIPE em porcentagem e a relação das seguradoras consultadas, bem como observações de nossos analistas que auxiliam na tomada de decisão. 

A consulta é construída com base na seguinte estrutura: 

// Perfil do Condutor: São os dados que foram considerados para elaboração da consulta, buscando sempre que eles não interfiram no resultado da resposta. 

// Dados do Veículo: São os dados do veículo consultado, trazendo marca, ano de fabricação /modelo, modelo, código FIPE, placa e chassi. 

// Seguradoras Consultadas: Traz as seguradoras que foram consultadas para a elaboração da resposta, detalhe é que contém as maiores seguradoras do País em valores e participação de mercado. 

// Aceite Securitário: Apresenta a aceitação do veículo pelas seguradoras, podendo apresentar quatro resultados, mostrados na imagem a seguir:

Cada cenário tem sua explicação, sendo elas:

Aceitável sem restrição (em verde): Indica um veículo possivelmente sem avarias e com boa aceitação perante as seguradoras.

Aceitável com restrições (em amarelo): Indica que esse veículo possui restrição em alguma(s) seguradora(s). O recomendável nesse caso é cautela, pois qualquer restrição apontada na consulta Radar Securitário para o veículo é sinal de que algo foi encontrado e pode ser prejudicial. Sempre lembrando de dar atenção especial às observações.

Aceitável mediante inspeção (em laranja): Indica que a(s) seguradora(s) antes de aprovar o seguro, requer(em) fazer uma vistoria especial (por seus peritos ou peritos terceirizados) normalmente paga pelo cliente. Esse apontamento da seguradora indica que o veículo está inserido em uma lista de registro de sinistro ou passagem em leilão. Aqui recomendamos a depreciação ou recusa do veículo.

Recusável (em vermelho): Indica que as seguradoras não desejam segurar esse veículo. Existem vários motivos para esta resposta ser apontada, ou seja, não necessariamente um veículo que volta com cenário de recusável possui avarias ou passagem por leilão, sendo importante ler as observações.

// Preço Médio do Seguro: Apresenta o preço que as seguradoras estão cobrando no seguro do veículo consultado. 

// Porcentagem de Aceitação em Relação a FIPE: Apresenta a porcentagem da FIPE indenizável que a maioria das seguradoras estão dispostas a segurar, enfatizando que se trata de uma média, ou seja, nem todas as seguradoras podem ter apresentado esse número. 

// Observações: Apresenta as observações destacadas pelo analista para aquela consulta, muitas vezes explica o motivo de um aceite securitário como por exemplo carros que não possuem avarias ou leilões, porém o aceite vem como recusável, nas observações será descrito o motivo. Neste campo, também serão apresentadas as variações negativas para o caso de uma seguradora em especifico recusar o veículo ou diminuir a FIPE indenizável.

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal
Mantenha-se informado
Ações de marketing para aumentar as vendas na sua revenda de veículos
Já pensou em utilizar ações de marketing para aumentar as vendas da sua revenda de carros? Confira agora 5 dicas práticas que podem tornar o seu negócio mais visível no meio digital!
O mercado de carros seminovos durante a pandemia do coronavírus
A chegada do coronavírus mudou o mercado, de maneira geral, e o hábito de consumo das pessoas. Saiba agora como anda o mercado de carros seminovos durante a pandemia!
Quilometragem adulterada: como identificar em um carro seminovo?
Quilometragem adulterada é uma das preocupações de quem vai adquirir um carro. Confira 5 dicas básicas de como identificar se há algo de errado com o veículo!