Seguro auto: os carros da sua garagem são aceitos por algum?

Publicado em 10/09/2020 / Atualizado em 08/09/2021

Você, garagista, vendedor de seminovos e usados, já teve algum prejuízo por carros que não foram aceitos por um seguro auto? Já recebeu reclamações de clientes insatisfeitos após a compra? 

Por mais que não pareça tão comum, acontece bastante de lojas de veículos terem problemas por não saberem se seus automóveis têm condições de serem aceitos por uma seguradora. 

O seguro auto, como o próprio nome diz, é um recurso para assegurar o carro e o proprietário caso algum dano ou acidente mais grave ocorra. Grande parte das pessoas, assim que realizam a compra, pensam na cotação do seguro, ou até mesmo antes. 

É por essas e outras razões que é importante saber se os veículos que você disponibiliza em sua garagem são aceitos por alguma seguradora. No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre a essencialidade do seguro e listar os principais fatores que podem causar a recusa por parte de algumas empresas. 

E então, ficou interessado pelo conteúdo? É só continuar por aqui com a gente!

Por que você deve falar sobre o seguro auto com seus clientes

O cliente foi até sua loja, gostou de um dos modelos de carros e decidiu comprar. A documentação, forma de pagamento e contrato ficaram acertados, você vendeu e pronto. Sua responsabilidade acaba e você não tem mais nada a ver com isso, certo? Não! Não é bem assim que funciona. 

Você mais do que ninguém sabe que, ao primeiro problema que surgir, o consumidor retornará para ter uma conversa. E nem sempre esse bate-papo é tão agradável. Portanto, para evitar situações embaraçosas, fale com o seu cliente sobre o seguro auto

Além disso, certifique-se de que os veículos que você oferta podem ser aceitos por seguradoras. E quando não, deixe bem claro para a pessoa sobre as reais condições do automóvel. A escolha em adquirir um bem que pode ou não ser recusado por um seguro deve ser dela. 

Imagine que um de seus carros tenham sido recuperados e nenhuma seguradora o aceite. O cliente demonstra interesse por ele, resolve negociar e somente depois da venda fechada é que ele descobre que não será possível contratar o serviço, pois o automóvel está depreciado, segundo a empresa. Que situação, não? 

A dica é simples: converse franca e abertamente com o comprador, realize uma venda segura e de confiança para não causar dores de cabeça para ambas os lados.

3 fatores capazes de interferir na contratação de um seguro auto

Alguns fatores podem explicar o porquê de uma empresa de seguros recusar determinado veículo. Dentre eles, os principais são:  

Carros muito antigos ou que estejam fora de linha 

Esse é um dos mais comuns. Muitas seguradoras se recusam a fazer o seguro por acreditarem que será difícil encontrar peças compatíveis se for preciso algum conserto. 

Veículos com irregularidades 

Quando falamos irregularidades, estamos nos referindo não só a estrutura, mas também a documentação do veículo, multas em aberto, problema com emplacamento e, em alguns casos, até mesmo com chassi adulterado. 

Carros reprovados pela vistoria 

A seguradora solicita uma vistoria para verificar as reais condições do automóvel. Carros com passagem por leilão, com registro de sinistro ou recuperados são avaliados cautelosamente nesse momento. Além disso, a substituição de peças também pode influenciar na decisão da empresa. 

Para saber mais sobre a vistoria, leia nosso conteúdo completo: Tipos de vistoria automotiva: veja os principais e o que eles avaliam.

Viu só por que é importante conversar com o seu cliente? Para evitar complicações, se antecipe! Faça consultas veiculares e verifique se os carros que você vende possuem algo que possa acarretar a recusa de um seguro. 

E então, o que achou desse conteúdo? Se quiser conferir outras matérias como essa, é só ficar ligado no blog da AutoList e nos seguir nas redes sociais. Toda semana temos uma nova publicação! 

Se tiver qualquer dúvida, basta nos deixar um comentário que responderemos o mais breve possível!

Notícias relacionadas
Laudo, vistoria veicular e vistoria ECV, você sabe o que significam?
Laudo, vistoria veicular e vistoria ECV são alguns dos nomes que aparecem na hora de vender ou comprar um carro usado. Saiba agora a diferença entre eles!
Como consultar o veículo pela placa? O que dá para saber?
Saiba agora como consultar um veículo pela placa e quais informações você pode ter acesso através dessa pesquisa.
Vistoria cautelar: por que fazer e o que é observado
A vistoria cautelar é um ponto importantíssimo para garantir negociações mais seguras. Saiba por que e como fazê-la e o que é observado na avaliação!
Como dar baixa no desmanche de veículo: saiba mais!
Saiba como dar baixa no desmanche de veículo, quais documentos são necessários e quanto tempo demora para finalizar o processo! Acesse agora e confira!
Conheça as diferentes classificações de avarias de leilão
Conheça as diferentes classificações de avarias de leilão e entenda como os veículos leiloados são oferecidos!
O que é veículo recuperado: tudo o que você precisa saber!
Quando se fala em carro recuperado, é normal surgir diversas dúvidas. Por isso, preparamos este conteúdo exclusivo para explicar tudo o que você precisa saber!
Garantia de motor e caixa: como funciona? O que diz a lei?
A garantia de motor e caixa é um ponto que sempre causa dúvidas aos consumidores e revendedoras. Entenda agora como funciona na prática e o que diz a lei!
Como consultar um veículo roubado pela placa, entenda!
Conhecer o histórico do automóvel que está em negociação é essencial para evitar cair em golpes. Confira agora como consultar um veículo roubado pela placa!
Conheça as classificações e os principais tipos de sinistro de carro
Sinistro de carro, como sabemos, é o nome utilizado para referenciar veículos que tenham sofrido ou causado algum dano estrutural, recuperável ou não. Mas você conhece as classificações e os tipos de sinistro? Confira agora!
Ações de marketing para aumentar as vendas na sua revenda de veículos
Já pensou em utilizar ações de marketing para aumentar as vendas da sua revenda de carros? Confira agora 5 dicas práticas que podem tornar o seu negócio mais visível no meio digital!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal