Veja como é calculada a tabela Fipe e como consultá-la!

Mesmo para quem já está habituado com o mercado auto, explicar como é calculada a tabela Fipe, no momento da compra ou venda de um veículo (ou qualquer outro tipo de negociação), pode ser um tanto complicado. Afinal, muita gente ainda tem dúvidas sobre o assunto.

Justamente por isso, preparamos este artigo para tratar somente sobre a Fipe. Aliás, além de preços, a tabela diz muito sobre a desvalorização dos carros, que já falamos em uma postagem anterior. 

Ficou interessado pelo conteúdo? Quer aumentar seu leque de conhecimento e transmitir informações mais assertivas aos seus clientes? Então continue com a gente e aproveite a leitura dessa matéria! 

O que é a Fipe: entenda sua finalidade no meio automobilístico  

Criada em 1973 pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a Fipe é um recurso acadêmico que foi desenvolvido, de início, para auxiliar alguns cursos de graduação da USP, Universidade de São Paulo. 

Com o tempo, a fundação se expandiu e começou a dispor de muitos outros serviços. O mais popular hoje em dia é o preço médio de veículos, conhecido simplesmente por tabela Fipe. 

Isso se dá, pois, a partir dela, é estipulado o valor de cada automóvel comercializado no Brasil, de acordo com a marca, modelo, montadora, ano de fabricação, além do valor de seguros veiculares, impostos, como IPVA, tempo adequado para revenda, entre outros fatores.  

Embora seu uso não seja obrigatório e se trate puramente de um estudo, muitos vendedores, seguradoras e até mesmo consumidores fazem uso desse instrumento para acompanhar os preços nacionais de carros, motos, caminhões, micro-ônibus e afins. 

Importante enfatizar que esses valores abrangem veículos de todos os estados brasileiros e sofrem atualizações todos os meses. Como dissemos, a tabela considera o preço atual e segue analisando o que está muito acima ou abaixo do que sugere o mercado. 

Saiba como é feito o cálculo da Fipe

A forma como é calculada a tabela Fipe é o que mais costuma gerar dúvidas nas pessoas. Já que não é tão simples e rápido assim conseguir os números e dados que ela utiliza em um único lugar. A soma é feita através de visitas presenciais em diversas lojas e consultas em fontes de alta confiança. 

O que se pode afirmar é que existe uma grande pesquisa por trás dos seus valores. É basicamente assim: primeiro, os responsáveis por esta função no instituto fazem uma coleta de preços de veículos do Brasil inteiro. 

Depois, é observado quais deles estão destoantes, ou seja, que estão muito altos ou muito baixos, levando em conta as condições de conservação do carro, adição de itens opcionais que diferem muito dos modelos originais, para serem descartados. 

Vale lembrar que automóveis usados profissionalmente e especiais também não são considerados na avaliação, pois apresentam precificação diferenciada.

Na sequência, os números obtidos na análise são calculados por modelo, marca, tipo de combustível, para, então, chegar a uma média de preço final que constará na tabela. No entanto, temos de ressaltar que esses valores podem mudar. 

Veja como consultar a tabela Fipe rapidamente

Como sabemos, portanto, a tabela funciona como um bom recurso para precificar automóveis nacionais. Mais do que isso, ela também serve para a base de cálculo de seguros auto e para analisar o índice de depreciação dos veículos, já que passa por atualizações e pesquisas constantes. 

Para consultá-la, é bem simples: 

– Entre no site oficial da Fipe;

– Escolha o tipo de avaliação que você pretende fazer (por exemplo, consulta de carros e utilitários pequenos ou caminhões e micro-ônibus);

– Coloque todas as informações do automóvel, como ano de fabricação, modelo e combustível e clique em pesquisar.

Feito isso, aparecerá uma tela com o valor correspondente. De maneira rápida e fácil, você terá dados importantes para fazer uma venda ou uma compra justa, sem pagar ou cobrar mais do que deve. 

Agora, se além de saber como é calculada a tabela Fipe, você quiser um quadro com respostas ainda mais completas, como registro de passagem por leilão, informações de renajud, roubo e furto, experimente acessar as consultas Autolist.

Com elas, é possível saber os antecedentes e as reais condições de cada carro pesquisado.

E aí, esse conteúdo foi útil para você? Para conferir outras postagens como essa, continue acompanhando nosso blog. Toda semana tem uma matéria nova te esperando por aqui! 

Aproveite também para deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários. Será um prazer conversar contigo!

POSTS RELACIONADOS

Olá, posso ajudar?