Veja como é calculada a tabela Fipe e como consultá-la!

Publicado em 15/07/2020 / Atualizado em 08/09/2021

Mesmo para quem já está habituado com o mercado de veículos, explicar como é calculada a tabela Fipe, no momento de uma venda ou qualquer tipo de negociação, pode ser um tanto complicado. Afinal, muita gente ainda tem dúvidas sobre o assunto.

Justamente por isso, preparamos este artigo para tratar somente sobre a Fipe. Aliás, além de preços, a tabela diz muito sobre a desvalorização de carros, que já falamos em uma postagem anterior. 

Ficou interessado pelo conteúdo? Quer aumentar seu leque de conhecimento e transmitir informações mais assertivas aos seus clientes? Então continue com a gente e aproveite a leitura dessa matéria! 

O que é a Fipe: entenda sua finalidade no meio automobilístico  

Criada em 1973 pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a Fipe é um recurso acadêmico que foi desenvolvido, de início, para auxiliar alguns cursos de graduação da USP, Universidade de São Paulo. 

Com o tempo, a fundação se expandiu e começou a dispor de muitos outros serviços. O mais popular hoje em dia é o preço médio de veículos, conhecido simplesmente por tabela Fipe. 

Isso se dá, pois, a partir dela, é estipulado o valor de cada automóvel comercializado no Brasil, de acordo com a marca, modelo, montadora, ano de fabricação, além do valor de seguros veiculares, impostos, como IPVA, tempo adequado para revenda, entre outros fatores.  

Embora seu uso não seja obrigatório e se trate puramente de um estudo, muitos vendedores, seguradoras e até mesmo consumidores fazem uso desse instrumento para acompanhar os preços nacionais de carros, motos, caminhões, micro-ônibus e afins. 

Importante enfatizar que esses valores abrangem veículos de todos os estados brasileiros e sofrem atualizações todos os meses. Como dissemos, a tabela considera o preço atual e segue analisando o que está muito acima ou abaixo do que sugere o mercado. 

Saiba como é feito o cálculo da Fipe

A forma como é calculada a tabela Fipe é o que mais costuma gerar dúvidas nas pessoas. Já que não é tão simples e rápido assim conseguir os números e dados que ela utiliza em um único lugar. A soma é feita através de visitas presenciais em diversas lojas e consultas em fontes de alta confiança. 

O que se pode afirmar é que existe uma grande pesquisa por trás dos seus valores. É basicamente assim: primeiro, os responsáveis por esta função no instituto fazem uma coleta de preços de veículos do Brasil inteiro. 

Depois, é observado quais deles estão destoantes, ou seja, que estão muito altos ou muito baixos, levando em conta as condições de conservação do carro, adição de itens opcionais que diferem muito dos modelos originais, para serem descartados. 

Vale lembrar que automóveis usados profissionalmente e especiais também não são considerados na avaliação, pois apresentam precificação diferenciada.

Na sequência, os números obtidos na análise são calculados por modelo, marca, tipo de combustível, para, então, chegar a uma média de preço final que constará na tabela. No entanto, temos de ressaltar que esses valores podem mudar. 

Veja como consultar a tabela Fipe rapidamente

Como sabemos, portanto, a tabela funciona como um bom recurso para precificar automóveis nacionais. Mais do que isso, ela também serve para a base de cálculo de seguros auto e para analisar o índice de depreciação dos veículos, já que passa por atualizações e pesquisas constantes. 

Para consultá-la, é bem simples: 

– Entre no site oficial da Fipe;

– Escolha o tipo de avaliação que você pretende fazer (por exemplo, consulta de carros e utilitários pequenos ou caminhões e micro-ônibus);

– Coloque todas as informações do automóvel, como ano de fabricação, modelo e combustível e clique em pesquisar.

Feito isso, aparecerá uma tela com o valor correspondente. De maneira rápida e fácil, você terá dados importantes para fazer uma venda ou uma compra justa, sem pagar ou cobrar mais do que deve. 

Agora, se além de saber como é calculada a tabela Fipe, você quiser um quadro com respostas ainda mais completas, como registro de passagem por leilão, informações de renajud, roubo e furto, experimente acessar as consultas AutoList.

Com elas, é possível saber os antecedentes e as reais condições de cada carro pesquisado.

E aí, esse conteúdo foi útil para você? Para conferir outras postagens como essa, continue acompanhando nosso blog. Toda semana tem uma matéria nova te esperando por aqui! 

Aproveite também para deixar suas dúvidas e sugestões nos comentários. Será um prazer conversar contigo!

Notícias relacionadas
Conheça 8 fatores que influenciam a desvalorização de um carro
Zero, usado ou seminovo, todo veículo perde valor assim que sai da concessionária ou garagem. Essa desvalorização do carro é natural e inevitável, por mais que doa aceitar. No entanto, existem alguns fatores que podem influenciar esse processo.
Vistoria cautelar: por que fazer e o que é observado
A vistoria cautelar é um ponto importantíssimo para garantir negociações mais seguras. Saiba por que e como fazê-la e o que é observado na avaliação!
Veja como é classificada e avaliada a perda total de veículo
Registro de sinistro nem sempre quer dizer que um carro deu PT. Veja o que é e como é classificada a perda total de um veículo, além do passo a passo de como é feita essa avaliação!
Revisão de carro: como preparar os veículos da sua revenda
A revisão de carro é uma forma de garantir melhores negociações para sua revenda. Por isso, listamos 5 fatores que merecem ser avaliados antes da venda acontecer. Confira já!
Laudo, vistoria veicular e vistoria ECV, você sabe o que significam?
Laudo, vistoria veicular e vistoria ECV são alguns dos nomes que aparecem na hora de vender ou comprar um carro usado. Saiba agora a diferença entre eles!
Como consultar um veículo roubado pela placa, entenda!
Conhecer o histórico do automóvel que está em negociação é essencial para evitar cair em golpes. Confira agora como consultar um veículo roubado pela placa!
Entenda por que indicar o seguro auto ao seu cliente
Você indica o seguro auto aos seus clientes quando fecha uma venda? Confira agora a importância de conscientizá-los sobre as vantagens do serviço!
O que é veículo recuperado: tudo o que você precisa saber!
Quando se fala em carro recuperado, é normal surgir diversas dúvidas. Por isso, preparamos este conteúdo exclusivo para explicar tudo o que você precisa saber!
Pane elétrica no carro: o que fazer? Como evitar o problema?
Estava dirigindo e o veículo começou a apresentar falhas? Confira agora as principais causas da pane elétrica, o que fazer e como evitá-la!
Veículo com alta quilometragem, vale a pena investir?
A busca pelos usados e seminovos tem aumentado bastante nos últimos tempos. Isso porque é possível encontrar carros bons e bem conservados por um valor mais acessível. Mas será que vale a pena adquirir um veículo com alta quilometragem? Confira a seguir!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal