Já ouviu falar no golpe do carro roubado? Saiba mais sobre ele!

Já ouviu falar no golpe do carro roubado?

Os golpistas não perdem tempo e estão sempre buscando uma forma diferente para atacar. Mas agora parece que eles terão um pouco mais de trabalho se tentarem aplicar a mesma fraude. 

Estamos nos referindo a um estelionato que veio a público no começo deste ano, em SP, e fez com que o Detran do estado suspendesse o acesso às fotos de vistoria dos veículos registrados por lá. 

Para entender melhor sobre o assunto e evitar cair em alguma fraude parecida, é só continuar a leitura deste artigo! 

Golpe do carro roubado e a suspensão de fotos de vistoria de veículos 

O golpe foi registrado em Campinas alguns meses atrás. Mesmo que você não seja de São Paulo, vale a pena entender sobre esse tipo de fraude para se prevenir contra situações semelhantes. 

Não foram só duas ou três vezes que o estelionato aconteceu. Bandidos ficavam de olho em donos que anunciavam nas redes sociais que seus carros haviam sido roubados. Nessas publicações, geralmente continham o número da placa e imagens do automóvel para que as pessoas conseguissem identificá-lo. 

A partir disso, os golpistas entravam em contato com o proprietário, alegando que sabiam o paradeiro do veículo e pediam uma quantia em dinheiro para devolvê-lo. Para convencer o dono, eles ainda utilizavam as fotos de vistoria do carro baixadas no site do Detran. 

E se foram retiradas do Detran, quem vai duvidar, não é mesmo? Mas foi por conta desses crimes que o Departamento de Trânsito decidiu pela suspensão do acesso às imagens de vistoria. 

Segundo Juan Sanches, diretor de veículos do órgão estadual, não disponibilizar as imagens no portal e aplicativo do Detran-SP é uma forma de proteger o dono do automóvel contra golpes e fraudes. As fotos podem ser acessadas agora somente pelo proprietário através de um login e senha. 

3 golpes muito comuns aplicados no meio veicular 

A aplicação de golpes envolvendo veículos é mais recorrente do que imaginamos. Por isso, vale a pena ficar atento às fraudes que mais costumam ser cometidas: 

Carro dublê 

Carro dublê ou clonado, como é conhecido, é uma espécie de golpe normalmente usado para disfarçar um automóvel que não atende aos requisitos legais para circular. Os fraudadores já possuem técnicas para clonar a numeração sem levantar suspeitas e, assim, vendem veículos duplicados, totalmente irregulares. 

Você pode ler mais sobre o assunto em nosso post completo: Veículo clonado: como funciona? O que fazer nessa situação?

Anúncios de venda online de carros falsos 

A venda de veículos online não é mais novidade, a prática tem ganhado cada vez mais força. No entanto, é importante ficar de olho aos golpistas de plantão. Existem muitos anúncios na internet com preços abaixo dos que são praticados no mercado. 

Quando a pessoa demonstra interesse no automóvel e faz toda a negociação, é solicitado um valor como adiantamento. Depois do pagamento, o comprador descobre que o carro sequer existe e que as imagens divulgadas eram falsas. 

Golpe do sinal 

Esse é um dos casos que ocorrem com maior frequência. O golpista anuncia o veículo na internet também com um valor que chama atenção (abaixo do que é vendido no mercado). Ao marcar o encontro com o interessado, ele pede um sinal, ou seja, um depósito adiantado. 

Para isso, é passada a conta de um laranja para o comprador enviar o dinheiro. A justificativa usada é que há outros interessados no automóvel. Acontece que a entrega do veículo não acontece e a pessoa ainda perde o dinheiro.

Leia mais sobre o assunto em: O que não fazer na revenda de carros seminovos e usados.

Atenção, portanto, é ponto essencial quando se trata de negociação com veículos. Tenha cuidado para não passar por situações como essas.

E então, o que achou deste conteúdo? Para ler outras postagens como essa, continue acompanhando o blog da AutoList e nos siga nas redes sociais! Até a próxima!

POSTS RELACIONADOS

Olá, posso ajudar?