Qual a diferença entre alinhamento e balanceamento

11/11/2021

Você sabe a diferença entre alinhamento e balanceamento? Por serem geralmente oferecidos juntos nas oficinas, as pessoas tendem a sempre associar os serviços. Mas a verdade é que, embora sejam igualmente importantes para a preservação do veículo, cada um tem a sua própria função. 

Para não restar mais dúvidas, hoje vamos explicar o que é e para que serve cada um deles. Confira! 

Saiba a diferença entre alinhamento e balanceamento de uma vez por todas 

Como dissemos, os dois serviços são essenciais, mas não são iguais. Veja a diferença entre eles: 

Alinhamento 

Também chamado de paralelismo do eixo, o alinhamento serve para ajustar o ângulo das rodas em relação ao volante, mantendo-as retas e firmes em solo. Além disso, ele contribui com a durabilidade e desempenho dos pneus.   

É mais ou menos assim: o procedimento visa o ajuste dos ângulos da suspensão para que eles atinjam o grau específico de cambagem e convergência e divergência. 

A cambagem, para explicar melhor, é a inclinação da roda no plano vertical. Já a convergência e divergência estão ligadas à direção que os pneus apontam.

Balanceamento 

O balanceamento, por sua vez, tem a função de equilibrar as rodas do carro, fazendo que elas rodem uniformemente, sem vibrar. Quando o peso da roda e do pneu não é distribuído de maneira correta, o serviço é requerido para compensar essa desigualdade de peso.

Para isso, o mecânico utiliza uma máquina de balanceamento que consegue detectar os pontos mais leves e pesados. A partir daí, são colocados pesos de chumbo interna ou externamente para contrabalancear a roda.  

Como saber se o veículo precisa de alinhamento e por que fazer

Sabe aquela sensação de que o carro está “puxando” mais para um lado do que para o outro, mesmo com o volante estando reto? Pois, então, essa condição já é um grande indício de que o veículo está precisando de ajuste. 

Fazer o alinhamento é fundamental para evitar o desgaste dos pneus e para preservar os componentes da suspensão. Outro ponto que vale a pena ressaltar é que a falta do alinhamento, pode aumentar o consumo de combustível. 

E o balanceamento, quando fazer? 

Não existe uma regra, mas o serviço é recomendado a cada 10 mil quilômetros rodados, por exemplo. No entanto, se você notar que o automóvel está fazendo algum barulho incomum em determinada velocidade, ou se sentir que o volante está vibrando, vale a pena dar uma olhada. 

Ficar atento a esses pontos é imprescindível não só para a conservação dos pneus, mas para a própria segurança e para ter mais conforto ao dirigir. 

E então, este conteúdo foi útil para você? Continue acompanhando nosso blog e nossas redes sociais para ler outras matérias como essa! 

Ficou com alguma dúvida? É só escrever um comentário abaixo!

Notícias relacionadas
Saiba mais sobre a categoria de carros premium usados
A categoria de carros premium usados tem crescido cada vez mais. Confira agora as principais marcas dessa classificação, como ela surgiu e seus diferenciais!
Já ouviu falar no golpe do carro roubado? Saiba mais sobre ele!
Já ouviu falar no novo golpe do carro roubado que inventaram? Neste post a gente te explica tudo sobre ele e outras fraudes comuns no meio veicular!
Conheça o novo serviço de emissão de CRLV-e da AutoList
Desde 04 de janeiro deste ano, o CRV e CLA foram integrados e se tornaram o CRLV-e, um documento único e digital. Saiba mais sobre ele e como funciona o novo serviço de emissão de CRLV-e da AutoList!
O que causou o aumento no preço dos carros: entenda agora!
Entenda agora o que causou o aumento no preço dos carros, como isso impacta a tabela Fipe e o que esperar para o ano que vem!
IPVA: de quem é a responsabilidade do pagamento na revenda?
Na hora de trocar ou comprar um carro, o valor do IPVA é um dos fatores considerados pelo cliente para decidir o modelo. Veja, então, o que fazer em relação ao pagamento do imposto no momento da revenda!
O mercado de carros seminovos durante a pandemia do coronavírus
A chegada do coronavírus mudou o mercado, de maneira geral, e o hábito de consumo das pessoas. Saiba agora como anda o mercado de carros seminovos durante a pandemia!
6 dicas de como vender mais em sua revenda de veículos
Saber como vender mais é o desejo de qualquer dono de revenda de veículos. Por isso, preparamos 6 dicas básicas para te ajudar. Confira agora!
Seguro auto: os carros da sua garagem são aceitos por algum?
Os carros que você vende são aceitos por algum seguro auto? Entenda agora a importância dessa informação para o seu cliente e veja o que pode interferir na contratação do serviço!
3 Situações que podem atrapalhar a transferência de veículo
Algumas situações podem impedir a transferência de veículos. Confira agora quais são e veja também as consequências acarretadas por uma transferência incorreta.
O que você precisa saber sobre veículo com passagem por São Paulo
Você sabia que grande parte dos carros registrados no país são do estado de SP? Saiba mais sobre veículo com passagem por São Paulo agora mesmo!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal