O que aconteceu com a consulta de proprietários anteriores?

Publicado em 08/11/2019 / Atualizado em 04/04/2022

Alguns meses atrás, a FENASEG (Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização) interrompeu a disponibilização da informação de proprietários anteriores. Antes de falar do futuro dessa decisão, você conhecia exatamente a base desse dado para todas as empresas de informações veiculares no Brasil?

A origem da informação

Muitos desconhecem, mas essa informação por muito tempo foi entendida como a relação de proprietários que o veículo já teve, seja para defender um preço melhor no momento da venda, comunicando o primeiro ou segundo dono, seja para reduzir a oferta por um histórico de vários proprietários.

O que poucos sabiam é que ela sempre foi extraída com base no registro de comprovantes do DPVAT (Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres). Logo, se o veículo tivesse sido revendido dentro do prazo de validade do DPVAT, esse dado não seria computado.

O bloqueio da informação para todo o mercado

Em agosto de 2018, essa informação foi descontinuada por sua única fornecedora, a FENASEG, pois alguns meses depois entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPDP), a qual regula toda e qualquer divulgação dos dados pessoais.

Sendo assim, por conta disso e outras decisões da federação, as empresas que continuam comercializando-a não possuem uma base atualizada e não a entregam como deveria.

Existe alguma maneira de conseguir a informação de proprietários anteriores por transferência?

Infelizmente, através de uma consulta não é mais possível, mas existe outro caminho.

Para obter essa informação, você precisará localizar o DETRAN de seu estado e solicitar uma certidão de veículo ou de proprietário, além disso, será necessário preencher uma requisição e pagar uma taxa para poder baixar a relação.

A disposição desse dado vai depender de cada DETRAN, além de que o valor da taxa também poderá variar de estado para estado. Um exemplo disso é o estado do Paraná, confira aqui.

O futuro dessa informação

Até o momento existem muitas incertezas sobre como solucionar essa dúvida para cada revendedor. Porém, como a AutoList preza muito por sua idoneidade e ações legalizadas, temos uma equipe que acompanha o mercado a fim de buscar informações complementares que possam trazer a solução mais adequada para o processo de avaliação e compra de um veículo.

Notícias relacionadas
O que é multa Renainf? Saiba tudo sobre ela!
Já ouviu falar em multa Renainf? A seguir, vamos te explicar o que é essa infração, como ela funciona e como consultá-la. Confira!
Por que fazer consulta veicular: entenda a importância dessa análise
Muita gente ainda tem dúvida sobre o que é e por que fazer consulta veicular. Por isso, vamos te mostrar a importância dessa análise e suas principais vantagens!
O que você precisa saber sobre a busca e apreensão de veículo
Entenda agora como funciona o processo de busca e apreensão de veículo, como saber se o automóvel foi financiado e como resolver a situação!
O mercado de carros seminovos durante a pandemia do coronavírus
A chegada do coronavírus mudou o mercado, de maneira geral, e o hábito de consumo das pessoas. Saiba agora como anda o mercado de carros seminovos durante a pandemia!
Seguro auto: os carros da sua garagem são aceitos por algum?
Os carros que você vende são aceitos por algum seguro auto? Entenda agora a importância dessa informação para o seu cliente e veja o que pode interferir na contratação do serviço!
Reciclagem automotiva: como é feito o desmonte de peças
Você sabe como as peças automotivas usadas são recicladas no Brasil? Confira agora como funciona cada etapa do processo e os principais tipos de reciclagem utilizados no segmento automobilístico!
Pane elétrica no carro: o que fazer? Como evitar o problema?
Estava dirigindo e o veículo começou a apresentar falhas? Confira agora as principais causas da pane elétrica, o que fazer e como evitá-la!
Conheça as consultas veiculares da AutoList!
Conheça as consultas veiculares da AutoList! São mais de 20 soluções disponíveis para te auxiliar em negociações de sucesso!
Veículo com passagem por leilão, até onde vale a pena comprar um?
Você sabia que um veículo com passagem por leilão tem grande desvalorização no mercado? Grande parte, 20% em relação a tabela FIPE.
Como consultar um veículo roubado pela placa, entenda!
Conhecer o histórico do automóvel que está em negociação é essencial para evitar cair em golpes. Confira agora como consultar um veículo roubado pela placa!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal