Precificação de carro: como definir valores na hora da revenda

A precificação de carro para a revenda é uma etapa muito importante e merece bastante atenção. Alguns fatores chave devem ser levados em conta nesse momento para que você, lojista, faça uma boa venda e o seu cliente também fique satisfeito com sua compra. 

Por conta disso, é necessário fazer uma análise de valores dos veículos que você pretende vender. E para te ajudar nessa tarefa, preparamos este conteúdo com os principais aspectos a serem considerados para definir os preços dos automóveis da sua loja. 

Ficou interessado? Continue a leitura para conferir!

Precificação de carro: 5 fatores para definir valores na sua revenda

Todo veículo apresenta atributos próprios, por isso, é preciso avaliar cada uma dessas particularidades para conseguir estabelecer um valor coerente. Dentre elas, vale ressaltar: 

Ano de fabricação 

Cada carro possui um ano de fabricação, como sabemos. Portanto, verifique quando foi fabricado o automóvel e observe também se ele tem alguma característica de modelos do ano seguinte ao de sua produção.

Marca e versão do veículo 

Toda versão de algum modelo de veículo conta com equipamentos e acessórios que irão classificá-lo como mais básico ou completo. Essas informações te ajudarão a delimitar os preços mais adequados.

Tipo de motor e tipo de combustível 

O motor é uma peça que os consumidores normalmente querem saber a procedência, principalmente se tratando de carros seminovos ou usados. Além disso, o tipo de combustível também é ponto decisivo na hora da compra e para definir preços. 

Vários modelos já saem de fábrica com a opção de biocombustível, outros, porém, ainda utilizam apenas um combustível ou cilindros de GNV. 

Pintura e cor

O estilo da pintura e a cor são mais dois quesitos de avaliação. Para cada modelo, que pode ser sólido, metálico ou perolizado, é atribuído um valor diferente. 

Acessórios originais 

Importante observar se os adereços que compõem o automóvel são originais ou foram adicionados depois. 

A importância da tabela FIPE na precificação de carro

Impossível falar de precificação de carro sem citar a tabela FIPE. Afinal de contas, é com base nela que temos dados mais precisos sobre a desvalorização dos veículos anualmente. 

No entanto, apesar de ser uma fonte confiável e apresentar uma pesquisa séria, a determinação de valores não deve se pautar somente sobre ela. Além dos pontos que citamos anteriormente, é essencial levar em consideração o estado de conservação do automóvel e o mercado. 

Para potencializar a análise, você ainda pode contar com o auxílio da consulta veicular Precificador, que é disponibilizada pela AutoList. O serviço oferece resultados embasados na tabela FIPE, mas de modo muito mais prático e rápido. Que tal aproveitar e experimentar? 

E então, o que achou dessa matéria? Se quiser ler outros artigos com temas relacionados, é só ficar de olho em nosso blog e nos seguir nas redes sociais. Até a próxima!

POSTS RELACIONADOS

Olá, posso ajudar?