Revisão de carro: como preparar os veículos da sua revenda

Preparar os veículos usados da sua revenda pode valorizá-los e garantir melhores negociações com seus clientes. É por isso que fazer uma revisão de carro é sempre recomendado antes de colocá-los à venda. 

Alguns fatores, se levados em conta, podem influenciar positivamente o preço final do automóvel. Saiba, portanto, o que deve ser verificado antes de oferecer e passar os veículos usados da sua loja aos futuros compradores. 

O que deve ser analisado em uma revisão de carro para revenda 

A revisão é muito mais do que um fator de negociação, é também uma forma de se prevenir contra problemas e de proporcionar uma compra mais transparente e segura ao consumidor. Veja então o que você deve considerar: 

1. Originalidade das peças

Principalmente em carros usados, é muito comum a troca de peças. Por isso, quando o veículo chega a sua garagem, é importante avaliar se houve substituição dos componentes originais de fábrica para outros. 

2. Estado dos pneus 

Analisar a situação dos pneus tem a ver com segurança. Portanto, observe quantos quilômetros já foram rodados para saber se as peças já foram ou precisam ser trocadas. 

Muitas vezes os pneus parecem intactos por fora, mas por dentro estão completamente desgastados. Para evitar complicações, recomenda-se fazer um rodízio e alinhamento a cada 10 mil quilômetros rodados. 

3. Faça uma checagem de todos os itens

Luzes, faróis, ré, freios e amortecedores, cintos de segurança, ar condicionado se houver, condições dos para-brisas, para-choques, estado da pintura e lataria, entre outros. Todas as peças e detalhes precisam ser avaliadas. 

4. Óleo e motor 

Mesmo quem decide comprar um carro usado não quer ter gastos excessivos com reparos. Dessa forma, a revisão deve ser completa. Verifique como está o óleo e o motor e se há necessidade de troca. 

5. Documentação 

Se o veículo é usado, muito provavelmente ele já teve outro dono. Se teve outro dono, existe um histórico passado. E se há um histórico, é fundamental analisá-lo. 

Para isso, busque uma consulta veicular para conhecê-lo melhor e eliminar qualquer tipo de problema que seu cliente possa ter posteriormente. Avalie se o carro possui alguma restrição, débitos, menção judicial e afins.

Você acabou de conferir 5 fatores que devem ser observados durante a revisão de veículos da sua revenda. Depois, com todos eles em ordem, basta disponibilizá-los para a venda. 

E então, o que achou deste conteúdo? Esperamos que ele possa ser útil para o seu negócio. E não se esqueça: toda semana temos uma nova postagem te esperando por aqui. Até a próxima! 

Você também pode se interessar por este post: O que não fazer na revenda de carros seminovos e usados

POSTS RELACIONADOS

Olá, posso ajudar?