Confira os principais tipos de financiamento de carro

Publicado em 01/04/2021 / Atualizado em 08/09/2021

Ter o próprio veículo é o sonho de muita gente, mas é preciso planejamento. Afinal, estamos falando de um investimento alto, mesmo quando se trata de usados e seminovos. A parte boa é que hoje encontramos diversos tipos de financiamento de carro que tornam possível essa realização. 

No entanto, é importante pesquisar e entender como funciona cada um para fazer uma escolha assertiva e evitar problemas no futuro. Por isso, no post de hoje vamos te apresentar os principais financiamentos de veículo. Continue a leitura para conferir! 

Conheça os tipos de financiamento de carro mais usados 

Podemos classificar 3 opções de financiamento como as mais utilizadas. Veja, a seguir, cada uma delas.

Crédito direto ao consumidor (CDC)

Bastante conhecido no mercado, o CDC é uma das alternativas mais procuradas pelos consumidores na hora de fazer um financiamento. 

Como o próprio nome sugere, o comprador solicita o crédito para uma instituição financeira ou banco e recebe um empréstimo no valor do automóvel que deseja adquirir.

Normalmente, a pessoa obtém um valor de entrada e o restante é parcelado com o adicional da taxa de juros. O mais interessante do CDC é que você pode fazer o processo diretamente com o banco, sem intermediação da concessionária ou loja que está vendendo o veículo. Assim, é possível negociar as taxas de juros. 

Entretanto, é válido lembrar que, enquanto o financiamento não terminar de ser pago, o comprador tem a posse, mas o automóvel fica como propriedade da instituição financeira. Isso é o que chamamos de alienação fiduciária, uma forma de garantir que o carro será realmente quitado. 

Leasing 

Outra modalidade de financiamento, no leasing — conhecido como arrendamento mercantil — o consumidor paga uma espécie de aluguel por um prazo estabelecido. Nesse caso, existem empresas e bancos que trabalham especificamente com esse modelo de negócio. 

É mais ou menos assim, a instituição compra o veículo e o cliente, interessado pelo automóvel, começa a pagar um aluguel mensal. Quando a empresa termina de quitar as prestações, ela transfere o carro ao novo proprietário.

Assim como o CDC, no arrendamento mercantil também não há intermediação da concessionária. Além disso, a taxa de juros é firmada no início da negociação, passada para o contrato, e se mantém até o final do pagamento. Ou seja, o valor não aumenta. 

Consórcio 

O consórcio é o tipo de financiamento que mais se difere. Ele costuma ser buscado quando a pessoa não possui quantia suficiente para dar a entrada no veículo. 

Nessa modalidade, você faz parte de um grupo com outros compradores. Todos os integrantes pagam uma parcela mensal por um tempo determinado, formando um fundo coletivo para a compra do carro.

Todo mês acontece um sorteio, e a pessoa sorteada recebe um crédito para fechar sua compra. Por conta disso, não dá para prever quando cada consumidor conseguirá adquirir seu automóvel.

Outro fator importante sobre o consórcio é a ausência de juros. Porém, os preços não são fixos, isto é, o valor das prestações pode mudar ao longo do tempo.

Essa alteração acompanha as variações de preço do carro que se pretende comprar, tendo como base a tabela Fipe. Portanto, conforme o valor do veículo muda, as parcelas do financiamento também. 

Como escolher o melhor tipo de financiamento 

É necessário analisar com calma os pontos positivos e negativos de cada opção, considerando aspectos financeiros e o seu objetivo como comprador. Dessa forma, vale a pena avaliar e comparar os seguintes fatores:

  • Taxas de juros 
  • O preço total envolvido na operação
  • Qual é sua urgência e necessidade pelo veículo? 
  • Qual alternativa te deixará mais confortável e seguro?

Cabe refletir sobre esses tópicos para tomar a melhor decisão e não ultrapassar o seu orçamento.

E então, o que achou deste conteúdo? Para ler outras matérias como essa, basta nos seguir nas redes sociais e acompanhar nosso blog!

Notícias relacionadas
Veículo clonado: como funciona? O que fazer nessa situação?
Veículo clonado é um tipo de fraude mais comum do que imaginamos. Saiba, portanto, como identificar uma clonagem e o que fazer nessa situação.
Garantia de motor e caixa: como funciona? O que diz a lei?
A garantia de motor e caixa é um ponto que sempre causa dúvidas aos consumidores e revendedoras. Entenda agora como funciona na prática e o que diz a lei!
Confira os principais tipos de financiamento de carro
Financiar é a melhor alternativa quando não se tem a quantia necessária para pagar um veículo à vista. Mas é preciso entender como funciona o processo. Veja, portanto, os principais tipos de financiamento de carro!
Veja como é classificada e avaliada a perda total de veículo
Registro de sinistro nem sempre quer dizer que um carro deu PT. Veja o que é e como é classificada a perda total de um veículo, além do passo a passo de como é feita essa avaliação!
Veja por que acompanhar a desvalorização de veículos da sua loja
Você acompanha o quanto os carros da sua revenda desvalorizam ao longo do tempo? Saiba agora por que você deve ficar atento a isso!
Saiba como funciona a consulta de Proprietários Anteriores da AutoList
Saiba mais sobre a consulta de Proprietários Anteriores da AutoList e confira o que mudou com a nova regulamentação da Lei Geral de Proteção de Dados!
Número do chassi do veículo: por que e como consultar?
Você sabe para que serve o número do chassi do veículo? O que ele significa de fato e como consultá-lo? A gente te explica agora mesmo!
Ações de marketing para aumentar as vendas na sua revenda de veículos
Já pensou em utilizar ações de marketing para aumentar as vendas da sua revenda de carros? Confira agora 5 dicas práticas que podem tornar o seu negócio mais visível no meio digital!
O que é multa Renainf? Saiba tudo sobre ela!
Já ouviu falar em multa Renainf? A seguir, vamos te explicar o que é essa infração, como ela funciona e como consultá-la. Confira!
Você precisa conhecer: 6 novas tecnologias automotiva
A tecnologia automotiva não para de inovar e surpreender. Confira agora 6 novas super ideias que foram criadas ou estão em desenvolvimento!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal