Tipos de vistoria automotiva: veja os principais e o que eles avaliam

Uma vistoria veicular, como sabemos, tem como objetivo detectar possíveis problemas em um carro e constatar suas reais condições de uso. No entanto, é importante se lembrar que existem vários tipos de vistoria automotiva

Não é somente com a estrutura do automóvel que devemos nos atentar. Quando se fala em vistoria, temos de considerar tudo que compõe um veículo: desde a parte física até a documentação. Pensando nisso, para o post de hoje, listamos as 3 principais avaliações para explicar em que consiste cada uma delas. 

Ficou interessado pelo conteúdo? É só continuar a leitura para conferir! 

Saiba para que serve cada um dos tipos de vistoria automotiva

Entender exatamente para que serve cada tipo de vistoria é essencial para orientar o seu cliente e fechar negócios mais seguros. Confira, portanto, as 3 avaliações automotivas mais comuns:

1. Vistoria prévia 

A vistoria prévia é aquela feita quando se contrata um seguro auto. O intuito é verificar a situação geral do veículo para atestar sua regularidade e assegurar a validade da apólice da seguradora.

2. Vistoria cautelar ou de procedência

Essa você já deve tirar de letra (especialmente se acompanha nosso blog). A vistoria cautelar — ou de procedência, como muitos chamam — é uma análise cautelosa, realizada por um perita, para observar a estrutura e originalidade dos componentes de um veículo. 

Aqui é levado em conta os seguintes fatores:

  • Número do chassi e do motor
  • Etiquetas de identificação nos vidros dos carros
  • Placa do automóvel
  • Estrutura geral do veículo 
  • Equipamentos obrigatórios e de segurança 
  • Documentação 
  • Passagem por leilão 
  • Registro de roubo e furto

Para saber mais sobre essa verificação, confira nossa matéria completa: Vistoria Cautelar: por que fazer e o que é observado

3. Vistoria para transferência

Esse tipo de vistoria é solicitado quando há intenção de transferir um veículo para outra pessoa ou endereço, ou quando há alguma alteração nas características de fábrica do automóvel, para detectar adulteração, fraude e qualquer outra irregularidade.  

Em que situações é preciso fazer uma vistoria automotiva 

Agora que já apresentamos as principais opções de vistoria automotiva, veja em quais situações elas são requisitadas: 

  • Como acabamos de dizer, para fazer uma transferência do carro a um novo proprietário ou para outro endereço
  • Ao realizar um financiamento 
  • No momento em que se contrata um seguro 
  • Para apuração de danos provenientes de sinistro 
  • Para verificar o estado real e o histórico do veículo 
  • Para fazer uma venda mais segurança 
  • Em situações judiciais. 

Viu só a importância de fazer e entender cada uma dessas vistorias? Para reforçar essa avaliação, você também pode recorrer às consultas veiculares. Com elas, é possível saber se determinado carro já teve passagem por leilão, se tem registro de roubo e furto, renajud e muito mais. 

E então, o que achou desse conteúdo? Para ler outras postagens como essa, acompanhe nosso blog e nos siga nas redes sociais. Toda semana temos um novo artigo te esperando! 

Ficou alguma dúvida? Nos deixe um comentário que responderemos o quanto antes!

POSTS RELACIONADOS

Olá, posso ajudar?