Vistoria cautelar: por que fazer e o que é observado

Publicado em 26/08/2020 / Atualizado em 28/08/2020

Não importa se você está na posição de vendedor ou comprador, quando o negócio envolve veículos seminovos ou usados, a vistoria cautelar será sempre um ponto relevante. Afinal de contas, temos certeza que você não quer ter dores de cabeça lá na frente por causa da negociação, não é? 

Por isso, é importante pensar na vistoria como um fator que irá assegurar a venda do automóvel. Mas você sabe realmente como fazê-la e o que deve ser observado?

No post de hoje, vamos te mostrar por que e como realizar essa avaliação antes de dar o aperto de mãos para firmar o negócio fechado. É só continuar a leitura para conferir! 

O que é e por que fazer a vistoria cautelar

Em primeiro lugar, é válido deixarmos bem claro que a vistoria é diferente da inspeção veicular, que gera um laudo para ser analisado pelo Detran. Porém, no final, tudo acaba se interligando. E nós explicamos o porquê!

A vistoria cautelar é comumente solicitada por iniciativa de seguradoras e lojas de veículos para conferir se está tudo em ordem com o automóvel, não só em relação a sua estrutura como com a documentação. É basicamente uma passada de pente fino para verificar se há algo de errado. 

É por isso que dissemos que no final das contas tudo se conecta. Um carro seminovo ou usado que não esteja em boas condições ou que tenha alguma restrição no documento, dificilmente terá a transferência autorizada pelo Detran, por exemplo. 

Mais do que isso, a partir da análise cautelar você garante que seu cliente faça uma compra mais segura, contribuindo para que ele não tenha surpresas desagradáveis relacionadas a pendências judiciais, débitos não pagos, entre outros. 

Aproveite para ler nossa matéria completa sobre 3 situações que podem atrapalhar a transferência de veículo.

Quais pontos são verificados em uma vistoria cautelar?

Como o próprio nome sugere, a avaliação cautelar é feita de modo minucioso por um perita. Para entender as reais condições do automóvel, o especialista se atentará aos seguintes pontos: 

  • Números do motor e chassi
  • Se há alteração na cor ou indícios de repintura na lataria
  • Etiquetas de identificação nos vidros do carro 
  • Equipamentos de segurança obrigatórios 
  • Placa do automóvel 
  • Estrutura do veículo 
  • Documentação do carro e histórico de antigos proprietários (se houver) 
  • Registro de roubo e furto 
  • Passagem por leilão
  • Ações judiciais

Embora não seja uma vistoria obrigatória, com base nessas informações, e estando todas elas regularizadas, é possível fechar uma venda com muito mais facilidade, e as chances do veículo ser aceito por uma seguradora aumentam consideravelmente. 

3 principais vantagens da vistoria cautelar 

Veja como a análise cautelar pode ser vantajosa para você e para o seu cliente: 

Mais segurança para o novo proprietário 

Adquirir um carro não é como fazer uma compra em um supermercado. Tudo o que seu cliente não quer é ter uma grande dor de cabeça posteriormente.

Quando realizada a vistoria, você passa mais tranquilidade ao comprador, que não precisará se preocupar com aspectos estruturais e legais anteriores. 

Previne acidentes

Como a análise é bem cautelosa, dá para saber se o veículo vem de algum tipo de salvado, em que pode haver perda total, se já sofreu recall ou algum problema grave, enfim. 

Facilita a revenda 

Com o laudo aprovado em mãos, você pode usá-lo como garantia na hora de fazer negociações. Com certeza os consumidores terão muito mais interesse em lançar uma proposta se tiverem acesso a um documento que ateste a boa condição do automóvel. 

Implemente sua vistoria com as consultas veiculares da AutoList! 

A AutoList, empresa especializada em consultas veiculares, tem soluções eficientes para colaborar com a sua avaliação cautelar. Aproveite para conhecê-las! 

E aí, esse conteúdo foi relevante para você? Para ler outras postagens com temas relacionados, acompanhe nosso blog semanalmente e nos siga nas redes sociais. 

Ficou com alguma dúvida? Deixe-nos um comentário que te responderemos o mais rápido possível!

Notícias relacionadas
Confira as mudanças na lei de trânsito e as novas regras da CNH
Em abril de 2021, a Lei 14.071/20 entrou em vigor. Sancionada desde outubro do ano passado, a nova legislação alterou diversos pontos do CTB, principalmente em relação à CNH. Saiba então o que mudou!
Entenda qual a melhor época para comprar e vender carros seminovos
Quer saber qual é a melhor época do ano para comprar e vender carros seminovos? Acesse agora para conferir!
Confira 5 dicas de como valorizar o carro na hora da venda!
Saiba como valorizar o carro na hora da venda! Confira 5 dicas práticas que preparamos para te ajudar!
Revisão de carro: como preparar os veículos da sua revenda
A revisão de carro é uma forma de garantir melhores negociações para sua revenda. Por isso, listamos 5 fatores que merecem ser avaliados antes da venda acontecer. Confira já!
O que você precisa saber sobre veículo com débitos
Quando o assunto é veículo com débito, é preciso ficar atento. Saiba agora como fazer a consulta de débitos e se vale a pena investir em um automóvel nessa condição!
Conheça 8 fatores que influenciam a desvalorização de um carro
Zero, usado ou seminovo, todo veículo perde valor assim que sai da concessionária ou garagem. Essa desvalorização do carro é natural e inevitável, por mais que doa aceitar. No entanto, existem alguns fatores que podem influenciar esse processo.
Seguro auto recusado: por que isso acontece? Quais os motivos?
Teve o seu seguro auto recusado e não sabe por que isso aconteceu? Confira quais os principais motivos que podem causar a recusa da contratação do serviço!
O que você precisa saber sobre a busca e apreensão de veículo
Entenda agora como funciona o processo de busca e apreensão de veículo, como saber se o automóvel foi financiado e como resolver a situação!
O que você precisa saber sobre veículo com passagem por São Paulo
Você sabia que grande parte dos carros registrados no país são do estado de SP? Saiba mais sobre veículo com passagem por São Paulo agora mesmo!
O que você precisa saber sobre a LGPD para sua revenda de veículos
Entenda qual a proposta da LGPD (Lei Geral da Proteção de Dados) e o que deve ser adaptado em sua revenda!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal