Veículo com alta quilometragem, vale a pena investir?

Publicado em 26/02/2021 / Atualizado em 08/09/2021

A busca pelos usados e seminovos tem aumentado bastante nos últimos tempos. Isso porque é possível encontrar carros bons e bem conservados por um valor mais acessível. No entanto, é preciso ficar atento. Veículos com alta quilometragem, por exemplo, podem indicar problemas. 

Esta, aliás, é uma dúvida muito frequente entre os que optam por adquirir um carro usado: qual é a quilometragem ideal? Será que vale a pena comprar um automóvel rodado? 

Você também quer saber? A gente te conta a seguir! É só continuar a leitura para conferir! 

Veículo com alta quilometragem: qual é a ideal? 

É difícil afirmar com exatidão que até tal quilometragem a compra vale a pena e acima dela não. Porém, existe um consenso de que a partir dos 60km rodados é preciso ter um olhar mais cauteloso para o carro, afinal, as peças já estarão mais gastas e podem necessitar de mais reparos. 

Vale deixar claro, entretanto, que isso não é uma regra. As pessoas tendem a associar a alta quilometragem somente com o desgaste externo do automóvel. E não é bem assim que funciona. 

Você pode encontrar um veículo aparentemente perfeito por fora, mas que apresenta problemas nos componentes internos. E é aí que o cuidado precisa ser dobrado. Dessa forma, faça um checklist antes de fechar negócio:

  •  Verifique se a quilometragem informada bate com o ano de fabricação do automóvel (está muito abaixo?). Afinal, quilometragem adulterada é mais comum do que se imagina.
  • Procure saber se o carro era utilizado em vias urbanas ou em estradas.
  • Solicite o histórico de manutenção do veículo. Revisões feitas em concessionárias costumam registrar a quilometragem a cada manutenção.
  • Peça a ajuda de um mecânico ou profissional da área de sua confiança e faça uma avaliação. 

Outras observações importantes antes de adquirir um veículo usado ou seminovo

Além de verificar a quilometragem do veículo, outros fatores devem ser levados em conta durante a negociação de um usado: 

  • Motor com barulhos estranhos 
  • Marcas de ferrugem 
  • Pintura com pontos irregulares (isso pode ser um indício de que houve alguma batida)
  • Fumaça em excesso ao acelerar 
  • Pneus e rodas com falhas 
  • Borrachas e peças mal encaixadas ou inteiramente soltas 
  • Substituição dos componentes originais de fábrica

Todos esses elementos irão influenciar na compra e venda, principalmente na hora da precificação do veículo. Você, como vendedor, precisa informar o consumidor sobre o real estado do carro e como comprador, deve estar ciente sobre a situação para, então, fechar negócio e evitar dores de cabeça no futuro. 

A dica, diante disso, é sempre fazer uma consulta veicular para ter certeza de como está o automóvel e não sair perdendo nem na compra e nem na venda. Utilizando a Radar Prime da AutoList, por exemplo, você tem acesso a dados importantes que podem apontar se o veículo já sofreu ou pode sofrer alguma desvalorização. 

Com essas informações, é possível fazer uma negociação mais justa e segura. Aproveite e experimente. 

E então, esse conteúdo foi útil para você? Se quiser ler outras postagens como essa, basta nos seguir nas redes sociais e continuar acompanhando nosso blog. 

Notícias relacionadas
Conheça as diferentes classificações de avarias de leilão
Conheça as diferentes classificações de avarias de leilão e entenda como os veículos leiloados são oferecidos!
Confira os principais tipos de financiamento de carro
Financiar é a melhor alternativa quando não se tem a quantia necessária para pagar um veículo à vista. Mas é preciso entender como funciona o processo. Veja, portanto, os principais tipos de financiamento de carro!
Conheça 8 fatores que influenciam a desvalorização de um carro
Zero, usado ou seminovo, todo veículo perde valor assim que sai da concessionária ou garagem. Essa desvalorização do carro é natural e inevitável, por mais que doa aceitar. No entanto, existem alguns fatores que podem influenciar esse processo.
Como consultar um veículo roubado pela placa, entenda!
Conhecer o histórico do automóvel que está em negociação é essencial para evitar cair em golpes. Confira agora como consultar um veículo roubado pela placa!
10 carros mais baratos em 2022 de acordo com a Fipe
Depois de um aumento considerável no preço dos veículos em 2021, saiba agora quais os 10 carros mais baratos em 2022!
Saiba o que é e como aumentar sua rentabilidade com a venda direta
Saiba o que é exatamente e como funciona a venda direta de veículos, um tipo de negócio que pode ser muito rentável para sua revenda!
Veículo clonado: como funciona? O que fazer nessa situação?
Veículo clonado é um tipo de fraude mais comum do que imaginamos. Saiba, portanto, como identificar uma clonagem e o que fazer nessa situação.
Veja o que não fazer na revenda de carros seminovos e usados
A aplicação de golpes ainda é comum no meio veicular. Saiba quais as principais fraudes cometidas e veja o que não fazer na sua revenda de carros seminovos e usados!
Veja como é classificada e avaliada a perda total de veículo
Registro de sinistro nem sempre quer dizer que um carro deu PT. Veja o que é e como é classificada a perda total de um veículo, além do passo a passo de como é feita essa avaliação!
Por que fazer consulta veicular: entenda a importância dessa análise
Muita gente ainda tem dúvida sobre o que é e por que fazer consulta veicular. Por isso, vamos te mostrar a importância dessa análise e suas principais vantagens!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal