Conheça as classificações e os principais tipos de sinistro de carro

Publicado em 29/07/2020 / Atualizado em 16/09/2020

Sinistro de carro, como sabemos, é o nome utilizado para referenciar veículos que tenham sofrido ou causado algum dano estrutural, recuperável ou não. Importante enfatizarmos isso, pois nem sempre a nomenclatura está relacionada à perda total

Para ser determinado como irrecuperável, o automóvel costuma apresentar mais de 75% de avaria em sua estrutura. Abaixo dessa porcentagem, é possível que ele seja regularizado e usado. 

Por conta disso, vale a pena entender como os tipos de sinistro de carro são classificados. Afinal de contas, estamos falando de algo que pode depreciar completa ou parcialmente um veículo. 

Ficou interessado? Continue a leitura para saber mais! 

Como um sinistro de carro pode ser classificado

Já ouviu falar sobre pequena, média e grande monta, certo? Essas definições são usadas pelo Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, e não interferem na avaliação de uma seguradora auto. No entanto, ainda assim, é interessante que tenhamos claro o que cada uma quer dizer e suas respectivas pontuações. veja:

  • Pequena monta: quando um automóvel é danificado, mas tem suas peças ou partes afetadas reconstruídas e volta a circular sem necessitar de um inspecionamento de segurança, considera-o como sinistro de pequena monta. Este é pontuado de 0 a 20, portanto, não será apresentado no documento. 
  • Média monta:  após sofrer algum problema e passar por reparos, o veículo é submetido a uma inspeção de segurança. Se for constatado bom funcionamento e aprovado, ele recebe o Certificado de Segurança Veicular (CSV). Entretanto, a pontuação para média monta fica entre 21 e 30 e é adicionada ao documento. 
  • Grande monta: o sinistro de grande monta diz respeito a carros com estragos irreversíveis. Nesse caso, embora a classificação não seja fator avaliativo para seguradoras, quando o veículo passa por essa situação e é recuperado, seus pontos ficam acima de 30 e são registrados no documento, podendo, assim, atrapalhar uma futura negociação de seguro. 

Saiba quais são os tipos de sinistro de carro

Existem diferentes situações que podem acarretar o sinistro. Veja, a seguir, quais os principais tipos:

Colisão

Batidas nem sempre representam perda total, elas podem ser parciais. Como dissemos anteriormente, dependerá da porcentagem do estrago causado. Se este for além de 75%, por exemplo, um veículo com seguro terá a indenização completa. 

Roubo e furto 

Roubo e furto são mais duas condições classificadas como sinistro. Nesse caso, depois de aberto o chamado, o segurado tem direito a receber indenização total se o automóvel não for recuperado. Do contrário, será feita uma análise para verificar possíveis danos e o ressarcimento, levando em conta os valores da tabela Fipe. 

Causas naturais

Temporais, enchentes, queda de árvores, rios, incêndios e afins são fatores naturais que podem danificar um veículo, sem que haja previsão. Por isso, no momento da contratação de um seguro auto, é essencial ficar atento ao que o plano oferece como cobertura. 

Danos a terceiros 

Veículos envolvidos em acidentes que causam danos morais ou materiais a terceiros também se enquadram na lista dos tipos de sinistros. 

Faça uma consulta veicular para verificar se há registro de sinistro! 

Para conferir se há registro de sinistro em algum automóvel seminovo ou usado que você irá revender ou comprar, basta fazer uma consulta veicular completa.

Por meio dela, você consegue visualizar todos os dados referentes ao carro, algumas informações antecedentes e se há qualquer irregularidade com a documentação

E aí, esse conteúdo foi útil para você? Para ler outras matérias relacionadas, continue acompanhando o blog da AutoList e nos siga nas redes sociais! 

Aproveite para deixar um comentário com todas as suas dúvidas e considerações. Será um prazer poder te ajudar. 

Notícias relacionadas
Veículo com alta quilometragem, vale a pena investir?
A busca pelos usados e seminovos tem aumentado bastante nos últimos tempos. Isso porque é possível encontrar carros bons e bem conservados por um valor mais acessível. Mas será que vale a pena adquirir um veículo com alta quilometragem? Confira a seguir!
Pane seca: tudo o que você precisa saber sobre o assunto
Você sabia que a pane seca pode causar prejuízos não só para o veículo, como também para o condutor? Entenda tudo sobre o assunto agora!
Veja por que acompanhar a desvalorização de veículos da sua loja
Você acompanha o quanto os carros da sua revenda desvalorizam ao longo do tempo? Saiba agora por que você deve ficar atento a isso!
Transferência de carro online já está disponível, saiba mais!
Desde março de 2022, a transferência de carro online está disponível para negociações entre pessoas físicas. Saiba mais sobre o serviço!
Número do chassi do veículo: por que e como consultar?
Você sabe para que serve o número do chassi do veículo? O que ele significa de fato e como consultá-lo? A gente te explica agora mesmo!
Confira 5 dicas de como valorizar o carro na hora da venda!
Saiba como valorizar o carro na hora da venda! Confira 5 dicas práticas que preparamos para te ajudar!
Confira as mudanças na lei de trânsito e as novas regras da CNH
Em abril de 2021, a Lei 14.071/20 entrou em vigor. Sancionada desde outubro do ano passado, a nova legislação alterou diversos pontos do CTB, principalmente em relação à CNH. Saiba então o que mudou!
Para que serve a consulta de Gravame e como fazê-la?
Dentre tantas verificações que precisam ser feitas no momento de comprar um automóvel, principalmente seminovos e usados, muitas pessoas tendem a esquecer do gravame. Saiba o que é e para que serve a consulta de gravame agora mesmo!
Revisão de carro: como preparar os veículos da sua revenda
A revisão de carro é uma forma de garantir melhores negociações para sua revenda. Por isso, listamos 5 fatores que merecem ser avaliados antes da venda acontecer. Confira já!
Tipos de vistoria automotiva: veja os principais e o que eles avaliam
Saber as reais condições do veículo na hora de fechar um negócio é essencial. Confira agora os principais tipos de vistoria automotiva e para que servem!

#AutoDicas

Como saber se o veículo tem passagem por leilão e sua gravidade?
A consulta Leilão Prime traz informação de 7 banco de dados diferentes, os quais englobam desde passagens por leilões registros de locadoras e mercado securitário. Além disso a consulta verifica a classificação do veículo.
Confira a consulta ideal
Existe alguma forma de saber se o veículo foi sinistrado?
Sim. Através da consulta Acidentes e Procedência, terá o apontamento da existência, ou não, do acionamento do sinistro.
Confira a consulta ideal
Por que saber se um veículo tem passagem por Roubo e Furto?
O veículo com passagem por Roubo e Furto sofre grande desvalorização, podendo chegar até 30% de sua tabela FIPE.
Confira a consulta ideal
Como faço para saber se o veículo é assegurável independentemente do condutor?
Através da consulta Radar Securitário você recebe uma avaliação com mais de 15 seguradoras a respeito da aceitação do seguro, preço médio e aceitação da FIPE.
Confira a consulta ideal
Consigo verificar as restrições do veículo sem o RENAVAM?
Em nossa consulta de Débitos você identifica todos os tipos de restrições, tais como alienação fiduciária (financiamento), RENAJUD, dados cadastrais estaduais e muito mais.
Confira a consulta ideal
Posso ter problemas de transferência do veículo por conta do proprietário anterior?
Sim, pois caso o proprietário atual do veículo esteja envolvido em algum processo, você terá chances de ter problemas na transferência. Através da consulta RENAJUD, você verifica a existência e número do processo.
Confira a consulta ideal