Score para financiamento de veículo: como avaliar seu cliente?

Financiar é uma das opções mais buscadas pelos brasileiros na hora de comprar um carro. Porém, para ser aprovado, o processo passa por uma análise de crédito. Sendo assim, existem muitas dúvidas por parte dos revendedores sobre o score para financiamento de veículo

Afinal de contas, esse é um dos principais fatores avaliados na hora de decidir vender ou não para determinado cliente. Portanto, no post de hoje, vamos explicar as classificações do score e o que as instituições financeiras levam em consideração para conceder o financiamento. 

Continue a leitura para conferir! 

Score para financiamento de veículo: o que você precisa saber

O Score, como você já deve saber, é uma pontuação obtida com base no comportamento financeiro da pessoa física ou jurídica. 

Os pontos vão de 0 a 1000 e servem para indicar a probabilidade do titular do documento consultado pagar suas contas em dia nos próximos meses. 

Em teoria, quanto maior for o score, maiores as chances de tal pessoa cumprir com suas responsabilidades financeiras e não se tornar inadimplente. 

Dessa forma, para ter uma ideia se a pontuação do seu cliente está boa para o mercado, há uma classificação básica: 

  • 0 a 300: baixo
  • 301 a 500: regular
  • 501 a 700: bom
  • 701 a 1000: excelente

O que os bancos levam em conta para aprovar o financiamento 

É importante esclarecer que não há um score ideal para financiamento de carro, ou seja, não existe uma pontuação mínima, apesar da categorização de pontos. 

O que acontece é que as instituições que trabalham com financiamento fazem uma análise de crédito para conhecer o perfil do cliente que está solicitando o empréstimo e entender os riscos envolvidos na concessão. 

Os critérios de avaliação podem mudar de uma empresa para outra. No entanto, elas geralmente observam alguns fatores em comum, como: 

  • O score
  • A situação financeira do consumidor
  • A renda mensal que ele possui 
  • O relacionamento com o mercado (que abrange histórico de pagamentos e movimentações financeiras)
  • O risco de crédito. 

Como tudo isso é analisado por grande parte das empresas de financiamento, a decisão de aprovar ou não o crédito, é particular de cada uma. Em outras palavras, pode ser que, mesmo com um score alto, um banco conceda e outro não. 

Cada empresa tem sua própria política de risco de crédito. Quer dizer que a pontuação do score não é um aspecto definitivo para a liberação. Por isso, antes de fechar negócio, vale a pena ir além das informações levantadas pela instituição financeira. 

(Leia também: Contratar seguro com nome sujo, é possível?)

Por que você deve fazer análise de crédito na sua revenda de veículos

Assim como a consulta veicular é fundamental para identificar se os carros que você adquire para sua loja são boas oportunidades de venda, fazer análise de crédito é igualmente importante para conhecer o histórico financeiro do cliente que irá comprar de você, ou melhor, que irá financia seu veículo.

Muitos revendedores acabam por deixar essa avaliação para o banco e não acompanham de perto os riscos que determinado cliente pode oferecer ao seu negócio. Por isso, entenda a análise de crédito como um complemento que tem como objetivo tornar suas vendas mais seguras.

E então, o que achou deste conteúdo? Esperamos que ele possa te ajudar! Para ler outros materiais como esse, acompanhe nosso blog e nos siga nas redes sociais!!

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário aqui embaixo que responderemos em seguida!

POSTS RELACIONADOS

Olá, posso ajudar?